Mensagens

Governadora

Governadora - Mara Duarte

Caras(os) Companheiras(os),

“Cumpre o pequeno dever de cada momento; faz o que deves e está no que fazes.” (Caminho, 815)

 

O Rotary vive hoje um dos seus momentos mais singulares de afirmação no acompanhamento de um mundo globalizado, digitalmente reforçado e onde a capacidade de dádiva e de altruísmo de muitos cidadãos compete com o fatalismo e a indiferença de outros que julgam ter a certeza de que o mundo só vale a pena ser visto até à porta da sua casa.

Ora, o nosso pequeno dever deste momento, enquanto rotários é a demonstração positiva de que organizações como a nossa são baluartes de esperança para quem já a perdeu, são luz que indica o caminho na escuridão da indiferença a tantas outras instituições com quem trabalhamos no desenvolvimento económico e comunitário das nossas comunidades, são a aposta no futuro das gerações, quando apoiamos os jovens a estudar e a desenvolver os seus talentos e a sua liderança em prol de quem mais necessita, somos humanistas porque sabemos que fazemos parte de uma rede mundial onde juntos, podemos fazer a diferença na construção de um mundo melhor.

Hoje, o tempo tem tanto de infinito como de efémero, cada rotário (a) tem em si naturalmente uma capacidade intrínseca de dar, foi por isso que entrámos em Rotary, lado a lado com esta vontade de dar está a medida tempo e a sua organização…acredito ser aqui o ponto nuclear da nossa vida rotária, se estamos temos que fazer, se estamos temos que dar um pouco de nós, se estamos temos de fazer com alegria, se estamos temos de ter a emoção de a partilhar com outros, se estamos temos de criar condições para que todos em ambiente flexível também possam estar, se estamos temos de escancarar as nossas portas às Novas Gerações de Rotary e aos programas para jovens, se estamos temos de partilhar o nosso conhecimento desinteressadamente, se estamos sabemos que crescemos enquanto Pessoas no seio da nossa Família Rotária e se estamos, fazemos!

Torna-se fundamental que os Clubes de Rotary sejam agentes de mudanças nas suas comunidades e isso constrói-se com parcerias com outras entidades, públicas ou privadas, estruturando ideias, fazendo todos participantes na construção de algo, algo que seja comum a todos os intervenientes, seja necessário e que perdure de forma autónoma no futuro sem a nossa intervenção mas que fique como um projeto associado à marca Rotary na comunidade em causa.

O nosso Lema é uma inspiração para a ação, O Rotary Conecta o Mundo é a certeza de que somos uma organização de pessoas para pessoas:

somos um vulcão de oportunidades de serviço aos outros quando apresentamos os nossos programas e aqui conectamos mais Pessoas;

somos um farol no desenvolvimento da economia social quando falamos dos Subsídios Distritais e Globais da Rotary Foundation e aqui conectamos mais Projectos;

somos um exemplo para os jovens quando os convocamos a trabalhar connosco, estamos ao seu lado nas suas ideias e concretizações e aqui conectamos mais Novas Gerações de Rotary;

somos uma organização reconhecida quando somos seguidos pelo nosso exemplo, pela nossa credibilidade no fazer, quando o fazemos com o coração que gera emoções para nós, para a nossa família e para os outros, aqui conectamos mais Compromisso.

O Rotary merece que nós façamos o que devemos fazer e estar no que fazemos com redobrada alegria: sermos rotários e fazemos sorrir quem mais necessita da nossa mão para crescer, este é o nosso desafio conjunto para o Ano Rotário 2019-2020!

Juntos, vamos ligar mais Pessoas ao Rotary, fazer mais Rotary nas nossas Comunidades!

 

Um abraço,

Mara Duarte

ler mensagem
Voltar