Rotary International

Transforma suas contribuições em projetos que mudam a vida de pessoas

Um mundo melhor

Acreditamos num Mundo melhor. Ajude-nos a fazer a diferença!

Lema Ano Rotário: Seja a Inspiração

Nova Plataforma

Últimas Noticias

04 Dezembro 2019 - Distrito 1960

Visita Oficial da Governadora ao Rotary Club de Lisboa Benfica

A visita teve início na Casa Cottolengo do Padre Alegre, instituição que acolhe raparigas/senhoras com deficiência profunda, a maioria com dificuldades motoras, apoiada pelo clube em conjunto com outros clubes de Lisboa. Foram entregues pela Governadora e pelo clube diversos produtos de higiene pessoal e doméstica, para além de outros presentes. Na reunião de conselho diretor foram apresentados os diferentes projetos em que o clube está a trabalhar, diretamente e em parceria com outras instituições. A iniciar o jantar de receção à Governadora, realizou-se um momento de música lírica, com a interpretação de quatro peças de diversas óperas, por dois elementos da Escola de Música do Conservatório Nacional, entidade apoiada pelo clube com bolsas de estudos. No jantar com a presença de diversos visitantes, convidados e familiares, foi entregue um Paul Harris Fellow à Presidente e certificados nominais de participação na campanha distrital de erradicação da Pólio.

- Distrito 1970

RYLA leva 20 jovens até à European Youth Orchestra Academy 2019

Durante o presente ano rotário 2018/19, a Comissão Coordenadora Distrital Novas Gerações do Distrito 1970 tem trabalho em torno do projeto RYLA e já foram muitas as oportunidades dadas a alguns jovens. A última iniciativa diz respeito à European Youth Orchestra Academy 2019. Envolvida a 100% com este programa, a Comissão Coordenadora Distrital Novas Gerações do Distrito 1970 proporcionou a oportunidade a 20 jovens a candidatarem-se em Portugal, de participarem na European Youth Orchestra Academy 2019. A Academia é organizada pela Kultur @ Home Metropol Rhein-Neckar e pelo Rotary Club de Mannheim Rhein-Neckar, bem como pelo Distrito 1860, com o apoio adicional da cidade de Mannheim e da Escola de Música. Os jovens da comunidade portuguesa perceberam a importância qualitativa e o valor desta iniciativa do RYLA, representando na competição 13 localidades portuguesas: Guimarães, Guarda, Vigo, Fafe, Aveiro, Bragança, Viana do Castelo, Nelas, Monção, Coimbra, Porto, Viana do Castelo e Mangualde. Os jovens do nosso distrito vão participar numa competição lançada em novembro de 2018, após uma rigorosa selecção de um júri especializado presidido por Thomas Hanelt, na terceira semana de abril. A competição será anunciada através do Rotary International em cooperação com o Distrito 1860 em todos os 27 países da União Europeia, e também através dos portais de media social da Associação de Escolas de Música, Jeunesses Musicales, Instituto Goethe da Alemanha, Sociedade Richard Wagner e outras instituições. O objetivo primordial desta competição é que, por meio da música - em particular da “Mannheimer Schule” -, uma oficina musical e um seminário educacional, dar vida à importância da cultura e do entendimento europeus entre as nações. Os participantes da Academia da Orquestra Jovem Europeia podem esperar por um programa atraente e ambicioso, com orquestra completa e ensaios, deixando espaço para atividades conjuntas, como visitas a cidades e palestras sobre a União Europeia. O destaque da semana serão os concertos finais no Castelo de Mannheim e no Castelo de Heidelberg.

- Distrito 1960

RLI -Rotary Leadership Institute

Por iniciativa da Governadora Ilda Braz, realizou-se em Lisboa, em 9 de março, um Instituto Rotário de Liderança. O RLI -Rotary Leadership Institute é um programa multidistrital de desenvolvimento de lideranças do Rotary usando a facilitação em pequenos grupos para envolver os rotários, proporcionar ferramentas de conhecimento e apoiar e contribuir para fortalecer os clubes. Foi convidado para orientar esta ação de formação o Companheiro Herildo Monteiro Filho, Governador 2018/2019 do Distrito 4650 - Brasil. Foram facilitadores e lideres de discussão os Companheiros Jorge Lucas Coelho (RC Almada), Paulo Taveira de Sousa (RC Lisboa-Estrela), Paulo Martins (RC Lisboa Norte) e Manuela Franco da Silva (RC Caldas da Rainha). Com a presença de 27 companheiros do Distrito 1960, e a duração de 8 horas, com pausa para café e almoço, neste primeiro módulo foram abordados os seguintes temas: - VISÃO DE LIDERANÇA - O MEU MUNDO ROTÁRIO - ÉTICA – SERVIÇOS PROFISSIONAIS - THE ROTARY FOUNDATION - ENVOLVENDO OS ASSOCIADOS - CRIANDO PROJETOS DE SERVIÇO Está prevista a realização de mais dois módulos em datas a anunciar.

28 Fevereiro 2019 - Distrito 1970

Governador Joaquim Branco lança desafio pintura ao Distrito 1970

A par da celebração da 36ª Conferência Distrital o Governador do Distrito 1970, Joaquim Branco, decidiu lançar um desafio a todos os clubes do Distrito convidando-os a participar no Prémio de Pintura. O desafio que o Governador do Distrito 1970 lança a todos os clubes do Distrito é que se mobilizem e que cada um deles através do “potencial artístico” dos membros rotários, “bem como há muito talento nas Universidades Seniores e nas nossas comunidades”, retrate o tema da 36ª Conferência por meio da arte. A 36ª Conferência Distrital do Distrito 1970 realiza-se a entre 14 e 16 de junho e tem como tema “Caminhos para a Vida”. O tema desta conferência visa alertar para as consequências da quebra da natalidade que Portugal tem vindo a enfrentar nos últimos anos. Joaquim Branco incentiva os 90 clubes rotários a que “contactando, incentivando, convidando pintores, associados ou não associados do vosso clube” preparem quadros para a exposição que irá ter lugar durante a conferência, “tratando de forma imaginativa o tema”. “Conseguiremos ter quadros de todos os clubes em exposição na conferência? Acredito que só depende de nós.”, afirma o Governador Joaquim Branco. Pode encontrar o regulamento deste desafio aqui.  

28 Fevereiro 2019 - Distrito 1960

Visita Oficial da Governadora ao Rotary Clube de Loures

Na última visita do mês de fevereiro, a governadora foi recebida pelo conselho diretor na Associação Luiz Pereira Motta, instituição apoiada pelo clube.  Seguiu-se uma visita guiada à Igreja Matriz de Loures, exemplo de grande valor do património nacional. Na companhia dos representantes da Junta de Freguesia, a Companheira Ilda Braz ajudou a plantar 3 árvores símbolos de Paz Rotária no Jardim Major Rosa Bastos onde se encontram o marco rotário e um painel de azulejos oferecidos pelo clube à cidade. Foram apresentados cumprimentos e teve lugar a habitual troca de lembranças na Câmara Municipal e realizada a reunião de Conselho diretor na sede do clube. A VOG terminou com o jantar festivo, muito participado por companheiros, familiares e visitantes de outros clubes, onde se registou a entrada de um novo sócio.

Mais notícias

As nossas causas

Desenvolvimento Económico

Cerca de 800 milhões de pessoas vivem com menos de 2€ por dia.   São imensos os companheiros que trabalham diariamente para encontrar soluções sustentáveis para combater a extrema pobreza que se faz sentir no Mundo Graças ao grande apoio da Fundação Rotária temos conseguido formar pessoas locais para serem futuros empreenderoes e lideres de uma comunidade carente.  Como o nosso principal objetivo é o bem comum temos oferecido formações em diversas áreas, oportunidades de emprego renumeradas, acesso a instituições que apoiam pessoas desfavorecidas e financiamentos.   Como é que o Rotary tem agido? -Micrompréstimos: com pequenas quantias, existem pessoas que se tornam empreendedoras. Por sua própria vontade começam com pequenos mercados para conseguir garantir a sustentabilidade das duas famílas   -Oportunidades agrícolas: através dos empréstimos existem pessoas que compram gados e terrenos. Com este género de investimentos garantem a alimentação.  -Formações: São dadas formações a agricultores para saber quais os melhores métodos para usufruirem das plantações.  Como o sexo masculino é aquele que tem mais facilidade em conseguir tornar-se um empreendedro, o Rotary achou por bem garantir o futuro das mulheres nas economia,.  Como a maioria das mulheres  moram na zona rural da Guatemala não têm possibilidades de pagra empréstimos de instituições financeiras tradicionais, o Rotary Club de Guatemala de la Ermita ajudou cerca 400 mulheres a completarem cursos sobre finanças para juntarem seu próprio dinheiro tendo ideias para negócios futuros.               

Promover a paz

Conflitos locais e violência no Mundo têm destruído a vida de milhares de pessoas todos os anos. Quase metade dos mortos são crianças e cerca de 90% são civis, todos eles inocentes que são apanhados no meio de guerras que não é a deles. Recusamos este modo de vida, ninguém nasce para sofrer e morrer, ninguém nasce para aceitar um conflito e não aproveitar o direito à vida. Os projetos do Rotary centralizam-se no apoio de variadas maneiras, que são prestados a estas sociedades que estão em constante sofrimento. Através dos nossos projetos são oferecidas bolsas de estudo da paz assim como bolsas de estudo. Os nossos companheiros tentam encontrar diariamente a melhor maneira de lidar com estes conflitos que incluem pobreza, desigualdade, falta de acesso à educação, entre outros.   É com muito orgulho que olhámos para o caminho que já percorremos e sentimos um enorme orgulho na quantidade de coisas incríveis que já fizemos, tais como: Melhorar a qualidade de vida de muitas pessoas. Através do projeto “People for People Foundation”, impulsionado pelo movimento Rotário, já ajudou 10 mil famílias a comprar comida, roupas, casa, medicamentos, etc… Aumentar a consciencialização para o problema do Bullying. Os Rotarctistas das Filipinas realizaram campanhas anti-bullying nas escolas para ensinar as crianças e adolescentes a lidar com a questão.    Dando proteção e apoios a vítimas de violência doméstica. O estado Americano da Louisiana tem um número de ocorrências relacionadas com a violência doméstica elevadíssimo. O Rotary Club Local tem ajudado mais de 500 mulheres por ano dando-lhes um aconselhamento profissional juntamente com um advogado.

Temas em destaque

Publicações

Aceda a todas as publicações mensais da nossa revista...

Rotary International

Suas contribuições em projetos que mudam a vida de pessoas...

Clubes

Aceda à listagem de todos os clubes de Portugal...

Noticias e Novidades

Esteja ao corrente de tudo o que se passa...

Mensagens

Governador - Joaquim Branco

É para mim uma honra ter sido escolhido pelos meus companheiros para servir neste lugar, não deixando, por isso, de ser um companheiro com os mesmos deveres que qualquer um de nós tem, para com o movimento e, com o mesmo imperativo de servir.

Ser rotário é ser um cidadão do mundo, é ser um digno representante da sua atividade profissional, é ser possuidor de um caracter íntegro, é ser uma pessoa de confiança, é ser uma pessoa de compromissos, é ser uma pessoa que se preocupa com os problemas e as carências da sua comunidade. É querer intervir ativamente na promoção dos valores da liberdade, da justiça, da igualdade de oportunidades, do bem-estar geral, da promoção social dos mais desfavorecidos. É alguém que também se preocupa e ajuda as comunidades longínquas, na sua grande maioria com problemas e carências bem maiores do que as nossas.

Tenho a consciência de que a figura de um verdadeiro rotário está ao alcance de muito poucos, mas sei que diariamente mais de 1,2 milhões de nós, fazemos esforço por o ser.

Temos de ser fortes connosco próprios, dando corpo ao nosso lema “Dar de si, antes de pensar em si”, pois Rotary afirma-se pela sua internacionalidade. Se queremos ser o exemplo do servir, se queremos ser bem-sucedidos nos nossos alvos, temos de também cuidar dos nossos companheiros. Vamos ter de ser capazes de inspirar para a mudança, para o querer fazer mais. Para alcançar o seu próprio potencial.

Citando Saint-Exupéry: “Se queres construir um barco, não comeces por juntar madeira, cortar tábuas, ou atribuir tarefas. Começa por despertar nas almas dos teus trabalhadores um anseio pelo vasto e infinito mar.”

Então que melhor lema poderíamos ter para este ano, se não o que foi definido pelo Presidente Barry Rassin: “SEJA A INSPIRAÇÃO”. Cada um de nós tem a sua própria inspiração no Rotary – aquilo que nos estimula, que nos faz avançar. Mas no clube, temos de ser capazes de encontrar a Inspiração que a todos una e motive.

Todos queremos ver o Rotary a Ser a Inspiração para as nossas comunidades, fazendo ações com um impacto transformador – e, por isso, a grande aposta terá de ser na identificação das verdadeiras necessidades das comunidades, para que seja possível envolver muitos participantes, para planear e para executar, e estabelecer parcerias, sempre que necessário.

Todos juntos vamos SER A INSPIRAÇÃO que vai realmente fazer a diferença!

Joaquim Branco
Governador Distrito 1970

ler mensagem

Presidente do RF - Ron D. Burton

Cerca de um ano e meio depois de eu entrar para o meu Clube de Rotary pedi a minha demissão pois tinha faltado a quatro reuniões consecutivas. Essa era a regra na época. Admito que eu não gostava muito da refeição nem das reuniões semanais, e não acreditava que elas fossem a melhor maneira de investir meu tempo. Mas o problema real era que eu não estava motivado. Eu não tinha um papel, não tinha um motivo para ser sócio e eu não via razão de ir à uma reunião de almoço semanal que parecia não me oferecer absolutamente nada.

 

Foi então que o presidente do meu clube pediu que eu presidisse à Comissão da Fundação Rotária do meu clube no ano Rotary seguinte. Aquele foi um momento decisivo para mim e o resto vocês já sabem. Quero que todos vocês pensem em motivar aqueles membros que têm dúvidas em relação ao Rotary. Em 2018-19, preciso da ajuda de todos vós. Quero que se juntem a mim para nos concentrarmos em quatro objetivos centrais para a Fundação.

 

Em primeiro lugar, a principal prioridade de toda a nossa organização (o que não é nenhuma surpresa) é o fim da pólio. Temos que cumprir a nossa promessa de um mundo livre da pólio para todas as crianças.

Segundo, temos que aumentar a sustentabilidade dos nossos serviços nas seis áreas de enfoque. Isso significa realizar avaliações rigorosas de necessidades. Significa trabalhar com as comunidades para ver o que elas realmente precisam e conseguir que elas participem, que sejam responsáveis pelo projecto e avaliem a sua evolução.

A nossa terceira prioridade é entusiasmar os distritos a usarem todo o seu Fundo Distrital de Utilização Designada (FDUC). Quer seja através de Subsídios Distritais, Subsídios Globais ou Pólio Plus, há diversas maneiras de formar parcerias transformadoras e utilizar bem os recursos.

Por fim, decidimos aumentar o saldo do Fundo de Dotação da Fundação Rotária para US$2.025 biliões até ao ano 2025. O nosso objetivo geral de arrecadação para o ano é de US$380 milhões e esses recursos vão permitir dar continuidade aos programas que transformam vidas e que os rotários realizam todos os dias. Porém, cada um de nós precisa de pensar no nosso legado do Rotary. O Fundo de Dotação é o nosso futuro.

 

Então, juntem-se a mim e vamos fazer com que este seja um ano de construção de um legado para o Rotary. O seu legado, a promessa do Rotary.

 

Ron D. Burton

Presidente do Conselho de Curadores da Fundação Rotária, 2018-19

ler mensagem

Presidente RI - Barry Rassin

Há um ano, o Conselho Director do Rotary International adoptou uma nova declaração de visão, reflectindo-se nela as nossas aspirações para a organização e para o seu futuro. A declaração é a seguinte: "Juntos, vemos um mundo onde as pessoas se unem e entram em acção para causar mudanças duradouras em si mesmas, nas suas comunidades e no mundo todo."

 

Essa frase simples mostra muito do que é essencial no Rotary. Nós unimo-nos porque sabemos que somos muito mais fortes juntos do que sozinhos. Entramos em acção porque não somos sonhadores, mas sim agentes de transformação. Trabalhamos para criar mudanças sustentáveis que perdurarão por muito tempo, em todo o mundo e nas nossas comunidades, mesmo quando já não estivermos envolvidos. E talvez o mais importante, trabalhamos para criar mudanças em nós mesmos – construindo um mundo melhor à nossa volta e tornando-nos pessoas melhores.

 

Uma frase atribuída ao escritor francês Antoine de Saint-Exupéry diz: "Se você quiser construir um navio, não chame as pessoas para juntar madeira ou atribua-lhes tarefas e trabalho, mas, sim ensine-os a desejar a infinita imensidão do oceano." Cada um de nós veio para o Rotary porque tinha um desejo – causar um impacto, fazer a diferença, ser parte de algo maior que nós mesmos. Esse desejo, essa visão de um mundo melhor e o nosso papel em criá-lo é o que nos impulsiona no Rotary. Foi por isso que nos associamos; é isso que nos motiva a servir; e é o que me levou a escolher o nosso lema para este ano do Rotary: Seja a Inspiração.

 

Quero que o Rotary Seja a Inspiração para as nossas comunidades realizando um trabalho com impacto transformador. Está na hora de avançarmos, de eliminarmos as barreiras que nos atrapalham. Vamos facilitar os ajustes necessários nos nossos clubes ou abrir novos clubes que atendam às necessidades actuais e reais. Vamos trabalhar para fortalecer o Rotaract e a transição tranquila de rotaractistas para o Rotary. Vamos dar a todos os rotários a flexibilidade para servir da maneira que lhes seja melhor, para que todo o rotário encontre valores duradouros na sua ligação com o Rotary.

 

O serviço verdadeiramente sustentável, o tipo de serviço pelo qual nos esforçamos no Rotary, significa olhar para tudo que fazemos como parte de uma escala global. Este ano, peço que cada um de vocês Seja a Inspiração para o serviço sustentável, analisando o impacto das questões ambientais no nosso trabalho. O meio ambiente tem um papel fundamental em todas as nossas seis áreas de enfoque e esse papel está a tornar-se cada vez maior conforme o impacto das mudanças climáticas que se fazem sentir. Está na hora de deixarmos de ver o meio ambiente como algo separado das seis áreas. Ar, água e solo são essenciais para as comunidades e essenciais para um futuro melhor e mais saudável pelo qual nos empenhamos em conquistar.

 

Seja a Inspiração – e juntos, poderemos inspirar o mundo.

ler mensagem

Governadora - Ilda Leite Braz

Caras(os) Companheiras(os),

Iniciou-se no dia 1 de julho o novo ano rotário e com ele e para nos orientar o rumo temos o lema “Seja a Inspiração”. Para o cumprirmos, o nosso Presidente de Rotary sugeriu-nos que:

Através do Amor, Entusiasmo, Audácia e Exemplo, vamos ser a inspiração para que mais jovens se queiram juntar a nós, e assim fortalecer, revitalizar e diversificar o nosso quadro social ou através da formação de novos clubes mais inovadores e mais flexíveis.

Através do Amor, Entusiasmo, Audácia e Exemplo, vamos inspirar os nossos companheiros a fazerem mais projectos, quer na sua comunidade local ou internacionalmente, usando as nossas áreas de acção, que como todos sabem conduzem à paz através da promoção de um dos seus objectivos finais que é a educação.

Como disse MALALA YOUSAFZA (Prémio Nobel da Paz 2014, 17 anos): “SE QUER ACABAR COM A GUERRA; Em vez de Armas mande Canetas ;Em vez de Tanques mande Livros ;Em vez de Soldados mande Professores”.

Também através do nosso Amor, Entusiasmo, Audácia e Exemplo, podemos e devemos inspirar os nossos companheiros e companheiras a dar uma imagem do Rotary como sendo a maior organização de projectos de serviço e que tem uma Fundação, a Rotary Foundation que é considerada pelo 10º ano consecutivo a melhor, a nível de transparência e de saúde financeira. Ajudemos a manter a nossa Rotary Foundation nestes fantásticos resultados, divulgando cada vez mais os nossos projectos através das ferramentas online que Rotary coloca à nossa disposição.

Ainda temos um projeto de saúde global, a Erradicação da Pólio, tão importante que até inspirou Bill e Melinda Gates e vários Governos espalhados por todos o mundo a colaborarem connosco e como todos sabem, duplicando a nossa contribuição para esta causa.

Vamos junto das nossas famílias, amigos e companheiros do clube, inspirá-los a fazer mudanças duradouras, em nós mesmos, nas nossas comunidades e no mundo todo.

Quem é que ainda não mudou desde que entrou para o Rotary?

Disse Madre Teresa de Calcutá: “Se quer mudar o mundo vá para casa e ame a sua família, porque para mudar o mundo temos que começar mudando nós mesmos”

Quem é que ainda não contribuiu para mudar alguma coisa na sua comunidade? E no mundo?

Creio que ninguém! Então vamos passar a nossa mensagem aos outros, dizer o que somos e o que fazemos.

 

Mahatma Gandhi disse um dia que:” O FUTURO DEPENDE DO QUE FIZERES HOJE”

Sejamos a inspiração!

Juntos, nós podemos e iremos inspirar o mundo!

 

Um abraço,

Ilda Leite Braz

ler mensagem

Acreditamos num Mundo melhor.

Ajude-nos a fazer a diferença!